(48) 3065-6602 (48) 99999-5741 secretariaexecutiva@sbmh.com.br


Cobertura Obrigatória de Oxigenoterapia Hiperbárica pela Agencia Nacional de Saúde

Autoria: Agencia Nacional de Saúde


OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA

  1. Cobertura obrigatória quando pelo menos um dos seguintes critérios for preenchido:
    a. pacientes com doença descompressiva;
    b. pacientes com embolia traumática pelo ar;
    c. pacientes com embolia gasosa;
    d. pacientes com envenenamento por CO ou inalação de fumaça;
    e. pacientes com envenenamento por gás cianídrico/sulfídrico;
    f. pacientes com gangrena gasosa;
    g. pacientes com síndrome de Fournier, com classificação de gravidade III ou IV;
    h. pacientes com fascites, celulites ou miosites necrotizantes (inclui infecção de sítio cirúrgico), com classificação de gravidade II, III ou IV;i. pacientes com isquemias agudas traumáticas, lesão por esmagamento, síndrome compartimental ou reimplantação de extremidades amputadas, com classificação de gravidade II, III ou IV;
    j. pacientes em sepse, choque séptico ou insuficiências orgânicas devido a vasculites agudas de etiologia alérgica, medicamentosa ou por toxinas biológicas;
    k. pacientes diabéticos com ulcerações infectadas profundas da extremidade inferior (comprometendo ossos ou tendões) quando não houver resposta ao tratamento convencional realizado por pelo menos um mês, o qual deve incluir, obrigatoriamente, antibioticoterapia em doses máximas, controle estrito da glicemia, desbridamento completo da lesão e tratamento da insuficiência arterial (incluindo revascularização, quando indicada).

ESCALA “USP” DE GRAVIDADE – AVALIAÇÃO PARA TRATAMENTO COM OHB *

 ITENSPONTOS
Idade < 25 anos 26 a 50 anos  >50 anos
Tabagismo Leve/moderado Intenso
DiabetesSim
Hipertensão Art. Sist.Sim
Queimadura < 30% da
superfície corporal
 > 30% da
superfície corpora
Osteomielite Sim  c/ exposição óssea
Toxemia Moderada Intensa
Choque Estabilizado  Instável
Infecção / SecreçãoPoucaModeradaAcentuada
> Diâmetro DA > Lesão< 5 cm5 a 10 cm> 10 cm
Crepitação Subcutânea< 2 cm2 a 6 cm> 6 cm
Celulite< 5 cm5 a 10 cm> 10 cm
Insuf. Arterial AgudaSim
Insuf. Arterial CrônicaSim
Lesão AgudaSim
Lesão CrônicaSim
FQAlteração LinfáticaSim
Amputação/DesbridamentoEm RiscoPlanejadaRealizada
Dreno de TóraxSim
Ventilação MecânicaSim
Períneo / Mama / Face Sim

CLASSIFICAÇÃO EM 4 GRUPOS ( I a IV) PELA SOMATÓRIA DOS PONTOS: G I < 10 pontos G II 11 a 20 pontos G III 21 a 30 pontos G IV > 31 pontos

(*) The “UNIVERSITY OF SÃO PAULO (USP) SEVERITY SCORE” for hyperbaric oxygen patients. M. D’Agostino Dias, S.V. Trivellato, J.A. Monteiro, C.H.Esteves, L.. M/.Menegazzo, M.R.Sousa, L.A Bodon . Undersea & Hyperbaric Medicine V. 24 Supplement p35 – 1997

Conteúdo originalmente publicado em: http://www.ans.gov.br/images/stories/Plano_de_saude_e_Operadoras/Area_do_consumidor/rol/rol2016_diretrizes_utilizacao.pdf