(48) 3065-6602 (48) 99999-5741 secretariaexecutiva@sbmh.com.br


Efeito da oxigenoterapia hiperbárica na lesão por isquemia reperfusão intestinal

Autoria: Rosemary Aparecida Furlan Daniel , Vinícius Kannen Cardoso, Emanuel Góis Jr, Rogério Serafim Parra, Sérgio Britto Garcia, José Joaquim Ribeiro da Rocha, Omar Féres

Publicado em: 20/07/2011


Resumo/Abstract:

OBJETIVO: Oxigenação tissular adequada é essencial para cicatrização. Oxigenoterapia hiperbárica (HBOT) tem aplicação clínica para tratar lesões isquêmicas, entretanto a natureza exata dos mecanismos envolvidos permanece incerta. Procuramos investigar o papel potencial da HBOT na modulação da resposta a uma lesão por isquemia reperfusão (I/R) intestinal em modelo de lesão de I/R.
MÉTODOS: Ratos machos Wistar foram submetidos à cirurgia para a indução da isquemia intestinal seguida de reperfusão. HBOT foi fornecido antes e / ou após a isquemia intestinal. A viabilidade das células no tecido intestinal foi avaliada através do ensaio de MTT e pela medição malondealdeido (MDA) no plasma. Densidade microvascular e apoptose foram avaliados por imuno-histoquímica.
RESULTADOS: Os resultados indicam que o tratamento HBOT pré e pós-isquemia reduz o tamanho da lesão ao tecido intestinal. Este tratamento aumenta a viabilidade celular e reduz a ativação da caspase-3, que está associada com aumento do número de células CD 34 no tecido e da expressão da VEGF.
CONCLUSÃO: A oxigenoterapia hiperbárica pode limitar os danos do tecido devido à lesão por isquemia/reperfusão, induzindo às vias de sinalização reparadora.


Ver/Download